Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

© os contos da abelha..

escrever ao sabor do vento..

08
Ago21

Laura a Maga

Ana de Deus

Laura a Maga e as Fadas(continuação)
após ensinar os avós a viajar pelas dimensões em segurança, Laura teletransportou a sua casa, do mundo da magia onde tinha crescido, para a ilha de Avalon. Vivian e as restantes sacerdotisas reconheceram que a mãe de Maria tinha grandes poderes e tiveram esperança que ela as pudesse ajudar a elevar Avalon para outra dimensão. a dragão celebrou a chegada da amiga, despediu-se criando uma bruma para proteger mãe e filha, e partiu para o reino dos dragões, no cimo das montanhas, para além das nuvens. Laura explicou que era simples elevar Avalon, dada a sua pureza. bastava que todas as habitantes se elevassem em simultâneo.

Maria exemplificou, levitando entre dimensões. as sacerdotisas constataram que para elas não era tão simples, devido a limitações nas suas convicções. pediram para Maria lhes ensinar. a menina, agora com três anos e meio de magia, aceitou o desafio. estava mais apta que a mãe pois tinha vivido os últimos dois anos a aprender a cultura pagã e os costumes celtas, conseguia desconstruir as limitações que surgiam. logo à partida, a maior de todas era a necessidade de uma hierarquia de poder que validasse a aprendizagem. as sacerdotisas tinham, antes de tudo, de aprender a confiar no seu próprio instinto. 

vivendo em comunhão com a natureza, tinham muito por onde desenvolver a intuição. Vivian depressa passou a ser uma aliada de Maria. levitava entre dimensões praticamente todo o dia. só tinha alguma dificuldade se comesse alimentos de digestão lenta. ela representava a mais alta hierarquia na ilha, por isso sentia que elevar-se era um poder que vinha com o cargo. Maria tentava fazê-la compreender que não era inerente ao estatuto, que era acessível a todas. Vivian meditou muito tempo sobre a limitação das hierarquias e um dia reuniu com todas as sacerdotisas e nomeou-as todas com a mais alta distinção.

em grupo, sentaram-se a meditar sobre o que significava o que Vivian acabara de fazer. sem esforço, em toda a ilha, em simultâneo, todas levitaram entre dimensões e Avalon mudou para uma dimensão só sua. nos sete dias seguintes, segundo orientação de Laura, todas levitavam entre dimensões, para consolidar a transição. as memórias de todas permitiram criar uma dimensão com fauna e flora de Avalon. ao sétimo dia, perceberam que tinham criado uma dimensão paralela à das fadas e então compreenderam que estas as tinham estado a ajudar. tinham o seu consentimento expresso na energia de boas-vindas que rodeava a ilha.

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D